EDITOR RESPONSÁVEL: JORNALISTA CLOVIS ALMEIDA - MTE/3416 - CE

Governador entrega 176 unidades habitacionais do Minha Casa Minha Vida em Maracanaú

Escrito por Junior Pentecoste Ligado . Publicado em Ceará

 
O projeto Rio Maranguapinho, coordenado pela Secretaria das Cidades, é considerado a maior obra de intervenção urbana prevista no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal.
 
"Estamos realizando um sonho que é a casa própria, graças a Deus conseguimos. Antes vivíamos em um quarto, atrás da casa da minha sogra, uma família de cinco pessoas. Era difícil. Agora estamos muito felizes, nossos filhos têm espaço para brincar, parquinho, estão amando tudo", disse a dona de casa Stefânia Bento da Silva, que está de mudança com o marido, o auxiliar de produção Magno Pereira de Sousa, e os filhos Ezequiel, Eduarda e Mariana.
 
Essa é uma das muitas famílias que receberam moradia nesta segunda-feira (24), quando o governador Camilo Santana entregou a 1ª etapa do residencial Águas de Jaçanã, em Maracanaú, que conta com 176 unidades habitacionais, do Minha Casa Minha Vida. As famílias beneficiadas são oriundas do projeto Rio Maranguapinho. O investimento total é de R$ 20.001.031,15, sendo R$ 18.522.000,00 do Governo Federal e R$ 1.479.031,15 de contrapartida do Estado.
 
"Podem ficar certos que não há algo que me deixa mais feliz do que entregar uma moradia. Alguns de vocês moravam de aluguel, ou em áreas de risco, ou de favor. Hoje estão recebendo um apartamento bonito, com pisos de granito, parquinho para crianças, todo saneado. Esse equipamento do Minha Casa Minha Vida tem um diferencial, pois ele é destinado para o reassentamento dos moradores inscritos no projeto Rio Maranguapinho e, por isso, vocês não vão pagar um centavo sequer. Vamos também reformar as vias de acesso para ficar ainda melhor. Zelem por esse empreedimento, ele foi feito com o dinheiro público, ou seja, é de vocês", disse o chefe do Executivo Estadual.
 
O empreendimento Águas de Jaçanã é formado por três módulos, com um total de 288 apartamentos em blocos de dois andares. Cada unidade do residencial tem área de 41 m² dividido entre sala de estar, cozinha, dois quartos, um banheiro e área de serviço. Além disso, o residencial possui espaços comuns, como quadra de futebol, salão de festas e sala de brinquedos.
 
Francisca Mercedes de Araújo representou todos os beneficiados, recebendo a chave das mãos do governador. "É uma felicidade muito grande estar recebendo a minha casa, era algo que há muito tempo estava desejando. Só em não ter que pagar mais aluguel nos dá uma folga muito grande. Meus dois filhos virão morar aqui e eles estão super animados".
 
As famílias participaram de palestras e atendimentos dos técnicos sociais da Secretaria das Cidades para receber orientações sobre as regras do programa Minha Casa Minha Vida, como também foram sensibilizadas para a convivência em comunidade, além de receberem o Regimento Interno do condomínio.
 
 O casal Valdenora e Francisco Paulo Vasconcelos abriu as portas para receber a visita de Camilo Santana. Eles comemoramo a melhoria nas condições de vida. "É uma honra estarmos hoje recebendo nossa casa pelo próprio governador, antes a gente só conhecia ele pela TV. Nós já tínhamos casa própria, mas vivíamos em situação muito precária, em área de perigo. A nossa casa está linda, aqui temos conforto. Não tem nem como comparar. Estamos realizados". 
 
O prefeito de Maracanaú, Firmo Camurça, destacou a importância de uma moradia para a família. "Queremos um governo em que seja visto, acima de tudo, pelas questões sociais. Estamos aqui tratando de uma das coisas mais importantes para uma família que é ter uma casa. Ela, enquanto bem material, tem a função de agregar a familia, de tirar do aluguel, da co-habitação. Ela muda do tijolo para o sentimento. Que essa casa se torne um lar e vocês possam trazer cada vez mais harmonia e passar valores para seus filhos, netos".

Habitação no Ceará

Atualmente, o Estado tem em andamento a construção de 18 empreendimentos em dez municípios cearenses pela faixa 1 do projeto Minha Casa, Minha Vida. Em Fortaleza, 6.288 unidades serão entregues no 1º semestre de 2017. A meta é que, até 2018, cerca de 58.000 moradias sejam contratadas.
 
Em 2015, foram entregues 2.911 unidades habitacionais, das quais 768 em Fortaleza e 2.143 no interior do Ceará. O investimento total foi de R$ 229.019.324,25, com o aporte do Governo do Estado de R$ 11.019.168,07.
 
Em 2016, foram entregues 7.010 moradias no estado, nas faixas 1 (renda mensal bruta de até R$ 1.800,00), SUB-50 (municípios com população até 50 mil habitantes) e Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR).

Projeto Maranguapinho

O projeto Rio Maranguapinho, coordenado pela Secretaria das Cidades, é considerado a maior obra de intervenção urbana prevista no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal.
 
O projeto está dividido em seis trechos nos municípios de Fortaleza, Maranguape, Maracanaú  Caucaia, e compreende ações como controle e amortecimento de ondas de cheias, dragagem do rio, urbanização, saneamento, habitação popular e projeto técnico-social.
 
São 44,4 Km de extensão de intervenções urbanas, onde está sendo investido por meio do PAC I e II um total de R$ 1.027 bilhão de reais. Ao seu final, o projeto beneficiará 5.831 famílias com as intervenções.
 
Fotos: Marcos Studart / Governo do Ceará
Thiago Sampaio
Repórter / Célula de Reportagem
 
 
 
 
 

Tags: Ceará governador camilo santana Fortaleza - Ceará Minha Casa Minha Vida Projeto de Moradia Programa de Aceleração do Crescimento (PAC)

INTERNET DE QUALIDADE - CLICK NA IMAGEM