EDITOR RESPONSÁVEL: JORNALISTA CLOVIS ALMEIDA - MTE/3416 - CE

Moro recebe vaias de repúdio na Columbia University nos EUA (vídeo)

Há também relatos ainda de professores e estudantes com faixas e cartazes contra Moro na porta da universidade. Eles acusavam o juiz de ser “tendencioso” e de mostrar “apenas um lado do Brasil”.

Podem ter certeza que a mesma coisa aconteceria se Moro fosse a uma universidade da Inglaterra, da França ou da Alemanha. Seu nome está diretamente associado (e isso é cada vez mais evidente) ao golpe de 2016 contra a democracia e ao estado de exceção que se aprofunda no Brasil.
 
E por aqui ainda tem gente que insiste em tratá-lo como herói. Que vergonha (alheia)! Por Warley Alves via Facebook
 
Confira o vídeo.
 
 
Warley Alves em sua página disse:
 
Leonardo Avritzer, professor da UFMG e presidente da associação brasileira de ciência política, esteve lá e mandou o seguinte relato:
 
"Uma farsa o evento do Moro em Columbia. Há vários dias eu tenho participado de um grupo que pediu para que houvesse alguma representação de visões diferentes durante a parte do evento na New School for Social Research, o que não foi aceito pelos organizadores da Columbia University, mostrando o carácter anti-democrático e propagandista do evento. Alunos da New School foram retirados a força do recinto e uma das maiores intelectuais americanas, Nancy Fraser presidente eleita da American Philosophical Association foi impedida de entrar no recinto."

Tags: mundo jurídico juiz sérgio moro vaias golpe político de 2016 columbia university dos EUA

INTERNET DE QUALIDADE - CLICK NA IMAGEM