EDITOR RESPONSÁVEL: JORNALISTA CLOVIS ALMEIDA - MTE/3416 - CE

GLOBO: TEMER ENTRA PARA A HISTÓRIA PELA PORTA DOS FUNDOS

Escrito por Junior Pentecoste Ligado . Publicado em Política

 
Co-responsável pelo golpe que derrubou a presidente legítima Dilma Rousseff e destruiu a imagem e a economia do Brasil, a Globo tem agora um pepino nas mãos, chamado Michel Temer; diante das provas irrefutáveis de corrupção e fisiologismo, a Globo está em campanha aberta para se distanciar de Temer e removê-lo do Planalto — aonde, vale lembrar, ele não teria chegado sem seu apoio; nesta quarta, o conglomerado da família Marinho divulgou um duro editorial contra o peemededebista, em que diz com todas as letras: Temer entrará para a história pela porta dos fundos.

GILMAR SALVA TEMER E DESMORALIZA O TSE

Escrito por Junior Pentecoste Ligado . Publicado em Política

 
Dois anos depois de lutar para que prosperasse a ação proposta pelo senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) contra a presidente legítima Dilma Rousseff, quando as contas da campanha presidencial de 2014, já haviam sido aprovadas, o ministro Gilmar Mendes deu o voto de Minerva no julgamento que absolveu a chapa Dilma-Temer por 4 a 3 na noite desta sexta-feira no Tribunal Superior Eleitoral.

FH vê Temer sem apoio e busca negociação com o PT

Escrito por Junior Pentecoste Ligado . Publicado em Política

 
RIO - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso avaliou, a dois interlocutores, que Michel Temer não conseguirá se manter no Palácio do Planalto até o fim do mandato. Diante desse cenário, defendeu que tem de ser realizada uma sucessão controlada, em que haja um grande acordo entre todas as forças políticas para chegar a 2018. O tucano não ficou apenas nas palavras e, no sábado, ligou para o ex-ministro e ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Nelson Jobim para lançar dar início a essa articulação.

Dono da JBS grava Temer dando aval para compra de silêncio de Cunha

Escrito por Junior Pentecoste Ligado . Publicado em Política

 
RIO — Na tarde de quarta-feira passada, Joesley Batista e o seu irmão Wesley entraram apressados no Supremo Tribunal Federal (STF) e seguiram direto para o gabinete do ministro Edson Fachin. Os donos da JBS, a maior produtora de proteína animal do planeta, estavam acompanhados de mais cinco pessoas, todas da empresa. Foram lá para o ato final de uma bomba atômica que explodirá sobre o país — a delação premiada que fizeram, com poder de destruição igual ou maior que a da Odebrecht. Diante de Fachin, a quem cabe homologar a delação, os sete presentes ao encontro confirmaram: tudo o que contaram à Procuradoria-Geral da República (PGR) em abril foi por livre e espontânea vontade, sem coação.

INTERNET DE QUALIDADE - CLICK NA IMAGEM